Fazendo Turismo

Não sei se repararam, mas o mês de Janeiro foi um dos mais ricos no blog na questão de conteúdo e pesquisa. Foi um mês onde falei de Mordred, de Morgause, de Morgana e Guinevere, contando o que deve ser o surgimento destes personagens, sua orientação na história, as mudanças de cada um e outros detalhes obscuros.

Gosto quando consigo passar conteúdo assim, detalhado. Mas o blog não é só isso, e quem acompanha desde o começo sabe que eu afirmo que o Arthur é pop. A lenda arturiana influencia um bocado de pessoas até hoje, e assim surgem novas histórias, outros roteiros, e algumas coisas que não tem nada a ver com literatura (nem que a farinha King Arthur, procurem no google).

Como estava dizendo, o blog surgiu com o objetivo de trazer a lenda arturiana de um jeito informal, contando não apenas fatos históricos e literários, mas também curiosidades de algum modo relacionadas com a história. Assim, surge o primeiro post "popular" de 2010.

Era um sábado qualquer, desses que cai uma chuva chatinha. Pegamos o carro, e fomos fazer pesquisa de campo... em Jundiaí, SP. Mas, dirão vocês, o que pode ter de arturiano em Jundiaí?

O motel Excalibur!

Chegando em Camelot

Foi uma viagem péssima. Chuva, trânsito na estrada, nenhuma placa, e até o GPS do celular não conseguia se orientar. Para quem quiser ir, vale dizer que é ruim de achar. Vão com tempo, porque encontrar a saída para a estrada velha de Campinas é ruim. Até no site do motel não há instruções de como chegar, só deixaram um "paste" do google maps com a localização, que por sinal está errada. O motel é mais embaixo. O que o mapa marca é um estacionamento de caminhões, não lembro agora de qual empresa.

Bom, a questão é que com vento a favor achamos o lugar, e a vista da estrada me fez rir. É literalmente um castelo, no meio das serras que cortam nossas estradas. Como não dá para dirigir e tirar fotos, somente conseguimos parar no portão, com direito a portículis e tudo!


As suítes tem nomes nada sugestivos sobre o tipo de quarto, mas isso é de praxe de qualquer motel. Ainda assim, todos os quartos seguem a tematica arturiana, e assim encontramos suítes como Merlin, Avalon e etc. Escolhemos o quarto que supomos deve ser o mais luxuoso para duas pessoas, a suíte Excalibur. Tem outra superior, a Excalibur King, mas essa é para mais de dois ocupantes.

O pátio interno é muito bonito, tudo com tijolo aparente, e decorado com estátuas e plantas. Não deixa de ser fake, mas é quase impossível evitar um sorriso ao ver o capricho da decoração. Mas a maior surpresa foi ao chegar à garagem e baixar o portão. Uma grade de ferro servia de garagem, dando visão à parte baixa do quarto, onde fica a piscina aquecida, a hidro e sauna. Tudo de muito bom gosto, devo dizer. Subimos a escada, e o interior do quarto acompanha o visual de paredes com tijolo aparente, e em algumas partes pedras e lajotas. E no fim da escada, rodeada por colunas, a cama. Octogonal.


As fotos não conseguem mostrar, mas é tudo muito lindo, de muito bom gosto. Em volta à cama, estão as colunas, uma mesinha com suas cadeiras, um banheiro, ducha para dois, e outra escada que dá acesso à piscina, hidro e outras coisinhas. Este mezanino serve de terraço interno, dando uma vista ótima da suíte inteira.

Estas fotos mostram a hidro na base da escada, e a piscina aquecida. Por cima da piscina, há um vitral montado em trilhos, com o que é possível abrir o mesmo para receber o sol do meio-dia. Como estava chovendo um pouco e não era meio-dia, abri um pouco para clarear o quarto para tirar as fotos, e depois fechei. Todas as áreas desta suíte são encantadoras.


Nesta foto aparece o chuveiro para dois. A decoração no vidro e as paredes é ótima. Sei lá, eu sou suspeito porque curto esses ambientes, mas achei tudo muito aconchegante.


Nesta última foto, alguns destaques da decoração, como as lâmpadas em suportes simulando tochas, o espelho na cama, e por cima o teto abobadado de tecido. Há janelas falsas em diversos pontos, com lâmpadas por trás para criar ambiente, e muitos enfeites nas paredes e no teto. E até a porta segue estes desenhos. Tudo combina, se encaixa, faz parte de um conjunto bem bolado.

No começo do ano tentei contatar o pessoal do motel, mas não obtive resposta ao mail que passei. É uma pena, porque queria perguntar ao dono se curtia de fato a lenda arturiana, como teve a ideia, coisas do tipo. Por isso o post vai ter que ficar assim, apenas com a visão que tive como "cliente", e fico devendo a parte mais jornalística da coisa.

Se recomendo? Sim, com certeza! O único porém é a localização, mas fora isso achei tudo excelente, da infra até o atendimento e o cardápio. Tinha até brócolis, olha só!

Quem procurar na internet, vai encontrar dois motéis diferentes, o de Jundiaí e outro em Atibaia. A diferença dos sites é impresionante... Aliás, o que vocês acham? Devo ir até Atibaia para checar o outro? Posso estar enganado, mas achei tão pobrinho... Sinceramente preferia ir nesse Excalibur daqui.

Até a semana que vem!

6 comentários:

Marion disse...

Adorei nossa pesquisa de campo. Foi um dia ótimo e realmente o motel de ares de castelo. Adorei lá. Agora quero fazer pesquisa de campo lá Em Las vegas! :)

Beijos

Wally disse...

@Marion: Ter você ao meu lado é o que faz tudo especial. Essa data tão especial, esse lugar tão distante, só tiveram sentido com você ao meu lado Amor! Te Amo Bem! Chuicks! Que venham muitos anos juntos!

Renata disse...

Parece bem legal o lugar mesmo! O dono com certeza conhece bem a lenda e a época pra se atentar a tantos detalhes! E por que não ir até Atibaia? (nem sei onde fica hahaha) Quem sabe não rola uma surpresa, já que muita empresa boa não tem noção na hora de fazer o site :)
Beijos!

Renata disse...

Agora que tô vendo os sites... é, acho que não vai ter surpresa não hahaha :)

Wally disse...

@Rê: então... acho que depois de ver as fotos você entende meu desânimo de ir até Atibaia... heehee!!!

Obrigado pelos comentários!

Mara Sop disse...

Fiquei doidinha pra conhecer esse motel... AMOOOOOOOO qualquer coisa tematica, principalmente se for de época! Mas que lugar lindo, heim!

Amei mesmo!

=D