- Rápidas -

Oi gente! Quero agradecer com um post a todos os que visitaram o blog nesta primeira semana de blogging; Muito Obrigado a todos pelo tempo que dedicaram para passar por este cantinho. As atualizações são semanais, portanto atenção no fim de semana!

Falando em tudo e nada, vai uma pergunta para meus visitantes...

A quantas anda a curiosidade de vocês sobre as lendas arturianas? Qual historia desperta mais curiosidade? Que personagem desperta mais atenção na opinião de vocês?

Comentem!

6 comentários:

Renata disse...

Se eu responder que tudo desperta curiosidade, não vale né? Bem, uma coisa que me chamou a atenção foi comparar as obras da Marion Zimmer Bradley (As Brumas de Avalon) e de Bernard Corwell (Crônicas de Arthur), e notar que cada uma descreve os personagens de um jeito, mas o mais gritante é Lancelot, que é um herói nas Brumas e um babaca nas Crônicas. De onde será que vem tanta diferença?

Wally disse...

Otima pergunta Renata. Ainda vou tocar nesse assunto, a visão arturiana na linguagem de cada autor. Ainda estou me devendo uma leitura de Brumas, para ter melhores argumentos, principalmente falando da visão femenina.

pedrita disse...

eu sou mais tranquila com esse tema. mas acho interessante como vc e o 007 são fascinados. ele inclusive já veio dar uma bisbilhotada por aqui. não vi ainda se comentou, mas ele adorou o tema. beijos, pedrita

Marion disse...

Amor, eu gosto dos cavaleiros. Meus favoritos são o Lancelot ( que virou mais favorito ainda depois do filme King Arthur) e o Percival , que li uma história dele e achei bonita a sua inocência.

Ah, gosto da Dama do Lago também.

Beijinhos

Renata disse...

Obrigada pela visitinha no blog :) Geralmente sou eu que formato meu pc, pelo menos isso aprendi a fazer numa época em que tinha que fazer quase todo mês. De resto chamo meu suporte técnico, quer dizer, meu namorado, que sempre me dá uma ajuda, hehe!
E aguardo o próximo post :)

Andrea disse...

Eu deu aula de Literatura Portuguesa durante algum tempo e me apaixonei pelas novelas de cavalaria e pelo tema do amor cortês. Foi natural que isso reascendesse meu interesse pelo universo arturiano.

Sempre tive vontade de fazer algo como o que vc fez no post acima mas sempre me faltou disposição para juntar tantas referências.

Acho que, não importa os rumos que o seu blog tome, vc deve semrpe serervar um cantinho para fazer essa geral sobre as influências dessa estética ao longo dos séculos que se seguiram.

Tá de parabéns mesmo!